Grande Prêmio do México de F1 – 2018

Depois de uma etapa emocionante nos Estados Unidos, agora é chegada a vez do Grande Prêmio do México de F1 – 2018, no Autódromo Hermanos Rodriguez. Lewis Hamilton fez história lá no ano passado e ele poderia fazer isso de novo se conseguir seu quinto campeonato mundial. Então, as estatísticas são boas para a estrela da Mercedes? Vamos descobrir…

Hamilton poderia ter alcançado o quinto título em Austin se ele tivesse superado o principal rival do título Sebastian Vettel por oito pontos. Mas o bom desempenho do vencedor da corrida Kimi Raikkonen e a belíssima disputa com Max Verstappen, fizeram com que o britânico tivesse que se contentar com o terceiro lugar, ampliando sua vantagem sobre Vettel por três pontos.

Neste final de semana no Autódromo Hermanos Rodriguez, do México, todos os olhares estarão sobre Hamilton, que garantiu seu quarto título mundial aqui no ano passado e ele sabe que se terminar em sétimo, pode colocar o quinto troféu de campeão mundial de fórmula 1 no seu gabinete.

O circuito:

É a altitude que realmente torna este circuito único, o Autódromo Hermanos Rodriguez fica a mais de 2 km acima do nível do mar, fazendo com que os 4,3 km percorridos sejam uma experiência sem fôlego.

É o mais alto do calendário da F1 e isso tem implicações no desempenho dos carros. Há apenas 78% do oxigênio disponível no nível do mar, o que significa que o elemento de combustão interna da unidade de potência produz menos energia e os freios são mais difíceis de resfriar no ar rarefeito.

A pista ainda segue em grande parte o contorno do circuito original de 1959, a principal diferença é que a espetacular curva Peralta é agora dividida, com o circuito passando pelo antigo estádio de beisebol Foro Sol, proporcionando uma das vistas mais originais da F1.

E com o Autódromo Hermanos Rodriguez localizado a leste da cidade, com uma estação de metrô pronta para levá-lo ao centro da cidade no final da ação de cada dia, o Grande Prêmio do México é uma ótima oportunidade de combinar esporte e cultura.

A previsão:

A chuva forte em Austin causou problemas para os pilotos nos treinos de sexta-feira, e pode ser uma história semelhante neste fim de semana, com previsão de chuva fraca no dia de abertura do Grande Prêmio do México.

No entanto, o resto do fim de semana está definido para ser ensolarado, com máximas de 20° e 21° graus no sábado e domingo, respectivamente.

Confira os horários para o GP do México de F1 – 2018:

Sexta-feira, 26 de outubro

Treino Livre 1: 12h00 – 13h30

Treino Livre 2: 16h00 – 17h30

Sábado, 27 de outubro

Treino Livre 3: 12h00 – 13h00

Classificação: 15h00 – 16h00

Domingo, 28 de outubro            

GP dos Estados Unidos de F1- 2018: 16h10

Foto: F1® (https://www.formula1.com/)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

error: Conteúdo protegido contra cópia. Caso queira adquirir o conteúdo, envie um e-mail para: contato@diretodopodio.com.br