FP1: Verstappen é o mais rápido em Montreal

Os vencedores de Mónaco, a Red Bull, não deveriam ser tão rápidos em torno do sedento circuito de Gilles-Villeneuve. Mas ninguém havia dito a Max Verstappen, que liderou o primeiro treino de sexta-feira no Canadá pelas margens mais estreitas, apenas 0,088s da Mercedes de Lewis Hamilton.

Seus companheiros de equipe, Daniel Ricciardo e Valtteri Bottas, foram terceiro e quinto respectivamente, divididos pela Ferrari de Sebastian Vettel, cujo companheiro de equipe Kimi Raikkonen ficou em sexto.

Menos de meio segundo cobriu todos. Deve-se notar, no entanto, que ao contrário de seus rivais, a Mercedes não usou o pneu hypersoft mais rápido da Pirelli, limitando seu treino apenas com o supermacio.

Talvez a maior surpresa da sessão de abertura tenha sido o desempenho da McLaren, que lutou perto do topo da tabela de tempos. Fernando Alonso, comemorando seu 300º Grande Prêmio neste fim de semana, estava seis décimos atrás de Verstappen em sétimo, dois lugares à frente de Stoffel Vandoorne. O belga afirmou na quinta-feira que ele é “muito parecido” com seu companheiro de equipe e certamente vai tentar fechar a lacuna na segunda sessão do dia.

A quinta equipe mais rápida, a Renault, terá sentimentos contraditórios sobre esta sessão. Carlos Sainz chegou em casa em oitavo, mas a manhã de seu companheiro de equipe Nico Hulkenberg terminou sem marcar um tempo depois de sofrer com problemas na seleção de equipamentos. Ele acionou primeiro um Carro de Segurança Virtual e, em seguida, uma parada de 12 minutos na bandeira vermelha, quando seu carro atingido foi recuperado.

Fazendo parte do top ten foi a Toro Rosso de Pierre Gasly, que antecipou o Esteban Ocon da Force India. Seu companheiro de equipe, Brendon Hartley, suportou 90 minutos e teve que se contentar com P16.

Ocon finalmente chegou em 11º, terminando a sessão em 1.769s atrás do líder. Dirigindo o outro VJM11 estava Nicholas Latifi, que fez sua estréia no FP1 no lugar de Sergio Perez, e o canadense terminou os 90 minutos como o mais lento dos 19 pilotos a marcar um tempo.

Como previsto por Vettel na quinta-feira, a Red Bull será perigosa aqui no Canadá. Também foi um começo promissor da Mercedes, que mostrou seu ritmo sem usar o pneu hypersoft mais rápido. E foi um grande passo para a McLaren também, que liderou o caminho como o “melhor do resto”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

error: Conteúdo protegido contra cópia. Caso queira adquirir o conteúdo, envie um e-mail para: contato@diretodopodio.com.br