GP da Áustria: Mercedes lidera o 1º Treino Livre

Pode ser o circuito da casa das Red Bulls, mas foi a Mercedes quem liderou o caminho no primeiro treino de Spielberg na sexta-feira, com Lewis Hamilton liderando.

Hamilton foi 0,127s mais rápido do que Bottas, com ambos os pilotos aparentemente obtendo um melhor desempenho de seus respectivos Silver Arrow após a atualização do motor Mercedes introduzida no Circuito Paul Ricard na semana passada e a nova atualização aerodinâmica adicionada aqui.

Verstappen estava apenas dois décimos atrás do líder em terceiro, enquanto Sebastian Vettel, da Ferrari, que fará questão de manter o nariz limpo depois de uma dura corrida na França, terminou em P4. A irmã RB14 de Daniel Ricciardo levou Kimi Rakkonen, companheiro de equipe de Vettel, para o quinto posto, e o australiano levou a melhor sobre o finlandês depois de perder um pódio em Le Castellet.

Romain Grosjean voltou a ter um FP1 positivo, chegando em sétimo lugar para garantir que o Haas fosse o quarto melhor time nos primeiros 90 minutos de treino livre. Seu companheiro de equipe Kevin Magnussen, que na quinta-feira disse que estava “orgulhoso” do desempenho de sua equipe nesta temporada, ficou cinco lugares atrás em 12º.

Menos de um décimo de segundo atrás de Grosjean estava Esteban Ocon, outro piloto que talvez tenha esperado por mais sorte neste final de semana. De fato, foi um DNF duplo para a Force Índia na França, pois Sergio Perez foi forçado a se parar também, e o mexicano sofreu um início lento na Áustria.

Outro artista sólido foi Leclerc, que, apesar de ter rodado, continua a impressionar em sua primeira temporada na Fórmula 1. O protegido da Ferrari ficou em nono, com o companheiro de equipe Marcus Ericsson dois lugares mais para trás em um bom dia para a equipe suíça.

Pierre Gasly, da Toro Rosso, dividiu o par da Sauber, com o francês chegando ao top 10, embora Brendon Hartley parecesse ter outra sessão difícil, em 19º. A equipe italiana introduziu um novo pacote aerodinâmico na Áustria, então será interessante ver o progresso que eles fazem.

A Renault, talvez surpreendentemente, teve uma tarde tranquila, com Carlos Sainz e Nico Hulkenberg com o 13º e 15º tempo, respectivamente. Tendo dito isso, foi uma história semelhante ao fim de semana passado, e Sainz acabou garantindo o oitavo lugar na corrida.

Em um dos Williams, Lance Stroll mostrou sinais lentos de progresso com um P16. No entanto, na irmã FW41, Robert Kubica, que estava dirigindo no lugar de Sergey Sirotkin para esta sessão de abertura, levou a honra indesejada de terminar de baixo.

Outra equipe que está lutando nesta temporada é a McLaren, e esta sessão de abertura sugere que eles podem mais uma vez aguentar um complicado Grande Prêmio. Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne terminaram em 17º e 18º pela equipe e ainda não se sabe se eles vão fazer algum progresso em Spielberg.

Então, o que podemos esperar no TL2? Mercedes pode ter sido mais rápida, mas no Red Bull Ring a equipe de mesmo nome não estava muito atrás…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

error: Conteúdo protegido contra cópia. Caso queira adquirir o conteúdo, envie um e-mail para: contato@diretodopodio.com.br