Bottas garante a pole para o GP da China

Em uma emocionante sessão de qualificação na China, digna da 1000ª corrida do Campeonato Mundial de Fórmula 1, Valtteri Bottas assegurou a sua primeira pole desde a Rússia em 2018, com uma vantagem de 0,023s para o seu companheiro de equipe Lewis Hamilton e com uma vantagem de três décimos para as Ferraris de Sebastian Vettel e Charles Leclerc.

Sem nunca ter começado na primeira fila em Xangai, o atual líder do campeonato mundial, Bottas, teve um desempenho confiante no Q3 para rodar o Circuito Internacional de Xangai em 1m 31,547s, e deu à Mercedes a vantagem para a corrida de domingo.

Em quinto lugar ficou a Red Bull de Max Verstappen, o holandês ficou infeliz após o tráfego que o impediu de fazer uma tentativa final. Seu companheiro de equipe Pierre Gasly, fazendo sua primeira aparição no Q3 este ano, foi o sexto, com um total de 0,841s fora do ritmo de Verstappen.

Foi uma grande qualificação para a Renault, que travou a quarta linha do grid na sua primeira aparição no Q3 em 2019, Daniel Ricciardo bateu o seu companheiro de equipe Nico Hulkenberg e ficou à frente dos dois carros da Haas de Kevin Magnussen e Romain Grosjean, que não conseguiu definir um tempo de volta no segmento final da sessão.

Com Alexander Albon não aparecendo nas eliminatórias após o seu acidente no TL3, outro ausente foi a Alfa Romeo de Antonio Giovinazzi, com a equipe trabalhando freneticamente em uma unidade de energia em seu carro até ficar claro que não haveria tempo suficiente para mandá-lo para a pista.

Tendo demonstrado um ritmo promissor no Bahrein, a McLaren se viu em desvantagem para a corrida na China, com Carlos Sainz e Lando Norris terminando em P14 e P15, respectivamente, sendo a primeira vez este ano em que Norris não conseguiu chegar ao Q3. Também ficaram fora do Q3, Daniil Kvyat da Toro Rosso, Sergio Perez da Racing Point e Kimi Raikkonen da Alfa Romeo.

Ambos os pilotos da Renault chegaram ao Q3 pela primeira vez este ano, junto com os carros da Haas de Kevin Magnussen e Romain Grosjean, enquanto os cinco primeiros pilotos Hamilton, Bottas, Vettel, Lerclerc e Verstappen deram suas voltas mais rápidas do segmento com o pneu médio, no qual eles começarão a corrida.

Pierre Gasly, só conseguiu o sexto lugar no pneu macio, meio segundo de seu companheiro de equipe com os pneus médios. Ele pelo menos garantiu sua primeira aparição no Q3 como piloto da Red Bull.

Houve muitas conversas sobre o “Bottas 2.0” em 2019. E depois de sua vitória na Austrália, parecia que o finlandês estava de volta no segmento final da classificação na China. Depois de liderar o primeiro round de voltas rápidas, sua segunda tentativa fez com que ele aumentasse sua vantagem sobre o qualificatório mais bem-sucedido na história da Fórmula 1 para conquistar sua primeira pole desde Sochi no ano passado por apenas 0,023s.

Vettel e Leclerc ambos melhoram seus próprios tempos no terceiro treino, mas não conseguiram bater Valtteri Bottas.

Atrás, Verstappen ficou furioso depois de recuar para dar algum espaço apenas para ser passado pela Ferrari de Sebastian Vettel, e isso o deixou incapaz de melhorar o seu tempo. Ficando em quinto e lamentando a chance perdida de lutar pelo que ele pensava ser um potencial P3 no grid de largada.

Daniel Ricciardo, teria ficado feliz por ter feito sua primeira aparição no Q3 neste ano e por ter superado o companheiro de equipe Nico Hulkenberg, que terminou em quinto lugar.

Os carros da Haas, por sua vez, não conseguiram fazer uma volta rápida depois de serem apanhados no congestionamento de Vettel e Verstappen. Isso os deixou em nono e décimo lugar, apesar de que o time americano parecia não ter um ritmo bom.

Então é Valtteri Bottas quem larga na frente, com a sua primeira pole position em 2019. E depois de perder a vitória aqui 12 meses atrás, o finlandês adoraria fazer acontecer neste fim de semana, e esticar sua liderança na liderança do campeonato.

Foto: Cortesia de Pirelli

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

error: Conteúdo protegido contra cópia. Caso queira adquirir o conteúdo, envie um e-mail para: contato@diretodopodio.com.br